Top 6 de dicas para organizar o seu roupeiro

Setembro 24
3 Comments

Olá, olá! Top 6 de dicas para organizar o roupeiro! A mudança de estação é uma óptima altura para limpar o armário e decidir quais as roupas a dar ou a guardar. Acho que esta “limpeza” é mesmo super importante porque para além de não criar desperdício abre mais espaço para aquelas compras que chegam com a nova estação 😉 Eu pelo menos preciso sempre de espaço… Por isso, hoje queria dar-vos umas dicas para saberem que roupa deve ficar e qual pode ser dada, ou vendida se quiserem. Ora vamos lá pôr mãos à obra!

1. A regra da etiqueta

dicas organizar o roupeiro
Se tem uma peça no armário que ainda tem a etiqueta, então devia desfazer-se dela. Passado tanto tempo também já não a vai usar e costuma ser sinal de que foi uma compra “de impulso”. É claro que isto não se aplica a peças especiais que comprou para um evento daí a uns meses ou que aproveitou nos saldos para a próxima estação!

2. A regra do tamanho

dicas organizar o roupeiro
Se tem peças que já não servem, mas que ainda guarda porque tem esperança de emagrecer, mais vale dá-las a quem precisa. Não servem de motivação para perder uns quilinhos a mais e só ocupam espaço. Se, pelo contrário, são peças que já estão largas e gosta mesmo delas pode sempre levá-las à costureira.

3. A regra das recordações

dicas organizar roupeiro
Se tem tendência para acumular daquelas peças que já só servem de recordações, saiba que só ocupam espaço e não lhe estão a fazer bem nenhum! Mais vale doá-las ou mesmo vendê-las, em caso de malas ou jóias, e assim comprar uma peça nova, por exemplo.

4. A regra da peça espampanante

dicas organizar roupeiro
Ainda guarda aquela peça de roupa super espampanante que só usou um vez e nunca mais saiu do armário? Mais vale vendê-la: nunca mais a vai usar, provavelmente não vai voltar a estar na moda e só lhe ocupa espaço.

5. A regra da peça trendy

dicas organizar roupeiro
Todas nós somos culpados disto: vimos uma saia ou umas calças que estavam super na moda, comprámos e depois apercebemo-nos que não ficavam bem no nosso tipo de corpo… Nestes casos mais vale aceitar que nunca a vamos usar e dá-la a uma amiga a quem fiquem a matar, por exemplo.

6. A regra do conforto

dicas organizar roupeiro
Esta regra vejo aplicar-se muito a sapatos! Qual de nós nunca comprou aqueles sapatos altíssimos e lindos, para depois passar a noite toda aos ais e aos uis porque estavam a magoar? Pois é, com tantos sapatos lindos e confortáveis nas lojas não há porque guardar esses que definitivamente nunca mais vão ser usados!

O que acharam destas regras? Já costumavam fazer isto? Eu acho que são umas boas ideias para seguir, mantendo sempre o bom senso, é claro! O objectivo não é chegar ao final sem trapinhos para usar mas com um armário mais limpo e fácil de utilizar.

Beijinhos,

Mónica

  1. Excelentes dicas Mónica ! Tudo o que pensamos e não fazemos ! Vou partilhar !

  2. Sara

    Fevereiro 28

    Olá Mónica!
    Achei as dicas interessantes. É verdade, as mulheres são um “guarda-coisas” permanente! É impressionante a quantidade de coisas em que pensamos “um dia ainda vou utilizar” e nunca mais voltamos a pegar nelas, só na próxima limpeza a fundo.

    Beijinhos,
    Sara

  3. Ana

    Setembro 25

    Que ótimas dicas 🙂 Vou seguir as da etiqueta, por mais que me custe. haha.

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *