A fase das perguntas difíceis, a minha estratégia

Fevereiro 20
No comments yet

Olá, olá! A fase das perguntas difíceis, a minha estratégia. Ultimamente esta fase chegou em grande cá a casa. Só vos digo que já tenho saudades da pergunta “como se fazem os bebés?”! Com uma no quinto ano e outra no sexto, com várias amigas com irmãos mais velhos, as perguntas, observações e dúvidas andam ao rubro! A que está no quinto ainda anda um bocadinho a apanhar do ar, mas a que está no sexto chega a casa com cada pergunta que eu até respiro fundo antes de responder. Até para ter algum tempo para pensar como eu de lhe dar a informação que me está a pedir! Claro que tento fazer sempre um ar mais natural, como se me tivessem a perguntar que dia é hoje, mas por dentro estou “a panicar”!

Isto hoje em dia há cada história e acesso a temas que não me lembro de conhecer com esta idade. Perguntas sobre adolescentes  grávidas, miúdas que enviam fotografias nuas pelo whatsapp a namorados, homossexualidade, mudança de sexo, pais que abandonam os filhos… Já houve um bocadinho de tudo! E depois de uma pergunta, disparam mais dez!

Claro que fico feliz por falarem de todos os temas comigo, mas que muitas vezes é um grande desafio, lá isso é! A minha estratégia é responder sempre a todas as perguntas, com a maior naturalidade que consigo, sem temas tabus. Quero que elas sintam que estou aqui para qualquer assunto, para lhes explicar ou ajudar, seja com o que for. É esse o meu papel e espero assim conseguir que me questionem sobre qualquer dúvida que tenham ao longo da vida.

E isto ainda agora começou…

E vocês, qual foi a pergunta mais complicada que os vossos filhos já vos fizeram?

Beijinhos,

Mónica

 

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *