Carta de uma mãe com Alzheimer para a sua filha

Maio 17
44 Comments
Olá, olá! “Carta de uma mãe com Alzheimer para a sua filha”! Vale a pena lerem!! Este é um daqueles textos que anda a rolar pelas redes sociais sem estar assinado. Já o tinha publicado aqui no blog em 2013 e hoje resolvi voltar a fazê-lo pois as férias estão a chegar e gostaria de relembrar todas as leitoras que tenham os pais ou avós longe, sozinhos, ou mesmo perto mas com falta de companhia, para se lembrarem de os visitar e acarinhar o máximo possível. Também nós vamos chegar a essas idades e com toda a certeza precisaremos dos mimos dos nossos filhos, tanto ou mais do que alguma vez precisámos.

“Querida filha,
Ouve com atenção o que tenho para te dizer. O dia em que esta doença se apoderar totalmente de mim e eu não for mais a mesma, tem paciência e compreende-me. Quando eu derrubar comida sobre a minha roupa e me esquecer como calçar os meus sapatos, não percas a tua paciência.
Lembra-te das horas que passei a ensinar-te essas mesmas coisas.
Se ao conversar contigo repito as mesmas palavras e tu já sabes o final da historia, não me interrompas e ouve-me. Quando eras pequena tive que te contar mil vezes a mesma historia para que dormisses.
Quando fizer as minhas necessidades em mim, não sintas vergonha nem fiques brava, pois não me posso controlar. Pensa em quantas vezes, quando eras uma menina, te limpei e te ajudei quando tu também não te podias controlar.
Não te sintas triste ao ver-me assim. É possível que eu já não entenda as tuas palavras, mas sempre entenderei os teus abraços, os teus carinhos e os teus beijos.
Desejo-te o melhor para a tua vida com todo o meu coração.tua mãe!”
Eu comovi-me com as palavras desta mãe. Espero que vos tenham inspirado.
Beijinhos,
Até já
Mónica
  1. isabel santos

    Novembro 29

    maravilhoso, eu estou nesta situação, pois a minha mãe também tem esta doença, mas ela continua a ser maravilhosa, e sempre será mesmo quando um dia não me conhecer vou-lhe dar sempre muito carinho, muito amor, porque foi isso que até hoje que tenho 43 anos ela me deu.A todas as pessoas que estejam nesta situação tenham muita calma porque os velhotes merecem tudo, e nós que vamos a caminhar para lá, só espero que o meu filho tenha tanta paciência como eu tenho com a minha mãe,porque infelizmente Deus já levou o meu velhote.

    • aline

      Abril 6

      minha querida irmã,parabéns pelo que faz pela tua mãe,fazes e não pense em retorno,pois quando fazemos com carinho,não queremos retorno de ninguém.Sejas feliz!!

    • Também estou na mesma situação de sua mãe,minha esposa cuida de mim(por enquanto).
      Devo muito a ela.Mutissimo obrigado,Vera Chassot da Silva!

    • Paulo

      Maio 29

      “Os velhotes merecem tudo” ? TODOS os velhotes? Mesmo aqueles que sempre fizeram questão de nos mostrar o quanto nos desprezavam e ainda hoje, já dependentes de nós e depois de inúmeros e sucessivos perdões continuam fazendo questão de expressar esse desprezo? Ou aquela que, repetidamente diz, contristada, ao filho sobrevivente: “porque morreu o teu irmão e não tu?”
      Um dia, Picasso numa reunião de amigos em sua casa, referindo-se ao seu filho, presente na sala, afirmou: “que ironia, um homem como eu ter um filho como o meu!” Vingança não mas, alguma justiça! Assistência sim porque, apesar de tudo, se trata de um ser humano fragilizado mas, amor não! Eu pelo menos, não consigo convocar sentimentos que não sinto. O perdão tem limites: quando o perdoado insiste e insiste e insiste na ofensa. Compreendo que alguns pais se sintam decepcionados com os filhos mas tudo tem um limite.

  2. Carminho

    Novembro 29

    Carta muito profunda e que magoa ca no fundo.

  3. Mais do que retratar o verdadeiro mar, esta carta tem um toque pedagógico muito intenso. Difícil ler e ficar indiferente

  4. Que linda carta. Me fez refletir e pedir perdão para a minha mãe. Quantas vezes perdi a paciência com ela. Desculpe-me mãezinha. bjs.

    • ESTOU PASSANDO POR ISTO SANDRA,,EU QUE CUIDO,MINHA MAE ESTA COM 88 ANOS ,E JA NAO ANDA E ,PRATICAMENTE NAO FALA,TOTALMENTE DEPENDENTE ,TEM HORA Q PERCO A PACIENCIA ,,AI CHORO MUITO SOZINHA,,E DIFICIL..ESTA CARTA ME FEZ CHORAR

  5. Maria Dias

    Fevereiro 14

    Comentário

  6. Maria Dias

    Fevereiro 14

    Eu prometo cuidar da minha maezinha se for preciso….

  7. FELIZMENTE, NÃO TIVE DE LIDAR COM ESSE PROBLEMA.MINA MÃEZINHA JÁ NÃO FAZ PARTE DESTE MUNDO, MAS QUEM ME DERA QUE AINDA O FIZESSE! A NOSSA MÃE É A PESSOA MAIS QUERIDA QUE TEMOS! LEMBREM-SE, SEMPRE, QUE ATÉ MORRER NUNCA ENCONTRARÃO AMOR IGUALÁVEL E ESPÍRITO DE SACRIFÍCIO POR NÓS.

  8. só quando se e mãe e que se da valor a tudo isso .pena e que algumas mãe morram sem ver suas filhas ou filhos lhes dar esse devido valor.mas e o amor……

    • Rosa

      Maio 28

      Camila, acha que é preciso ser-se mãe para ler uma carta destas e sentir-se ??? Não!!…. é preciso ser-se verdadeiramente FILHO amar uma mãe incondicionalmente que nos pô ao mundo e nos deu o dom de estarmos aqui a comentar.
      Esta carta é duma Mãe para uma Filha, e não dum filho para uma mãe.

      Parabéns á autora da carta, e parabéns a Mulher que teve a honra de ser filha dessa extremosa e linda MULHER! uma carta curta mas extremamente lucida……

      • Rosa

        Maio 28

        Esqueceu-me e Parabéns á autora deste blog, e por o destaque na pagina do sapo 😉

  9. sileide

    Março 20

    Plenamente tudo isto é só o amor que cuida , que acolhe, que preenche e é claro que todos perdem a paciência . A minha mae é muito linda tem alzheimer e atenderei até o ultimo dia da vida dela. Eu a amo muito e peço a Deus que me deixe viva para socorre-la, atendê-la e amá-la até o fim

  10. Justo

    Março 21

    Hoje tu amanhã eu. Quem bem semeia bem colherá. Que bom apelar ao sentimento daqueles que o perdem facilmente.

  11. sofia

    Abril 6

    Realmente, e uma carta muito triste e doi ver uma mae,que fez tudo prlos seus filhos se tornar uma cca pelo fato da d. oenca. e muito dolorido . mas, deve se continuar a dar o amor e carinho a esta mae. e tentar faze la aproveitar a vida. e que o todo poderoso de saude a todas as pessoas e tb alegria.

  12. meri

    Abril 11

    a minha mae tambem morreu de alzaimer, e sera que eu tive essa paciencia necessaria com ela, perdao maezinha se nao fui suficiente pacienciosa com voce, te amo, descansa em paz

  13. meri

    Abril 11

    Comentário

  14. Comentário

  15. Não tem como não chorar ao ler esta carta, é pura realidade,mas tem filhos e filhos,os que se dedicam a suas mães 24 horas por dia com muito amor,e tem os que largam em asilos é triste

  16. Eu passei por esse problema porque minha mãe nos deixou dia 30/12/13 e já estava bem adiantado, mas, confesso que pedi muito a Deus paciência, mas, muitas vezes perdi a paciência e a maltratei, já pedi perdão para a alma dela, mas, mas Deus me deu de tudo, menos paciência. Onde ela estiver peço que me perdoe. Fica com Deus

  17. Lucia

    Maio 8

    Infelizmente,depois que perdem o seu bem mais precioso, é que alguns filhos se arrependem do que fizeram e pedem perdão.No entanto,não adianta mais,pq o que se tem que fazer,façamos antes,façamos agora.Mesmo com todo arrependimento que se possa ter,não traremos de volta!

  18. fuleco

    Maio 8

    Não me comovi, não gosto de mãe jogando na cara da filha o que fez na criação dela, já que é obrigação de qualquer mãe cuidar do seu filho, demonstração de amor não é troca de favor. Você colhe o que planta, não precisa pedir por isso.

    • Ed

      Maio 11

      É porque não é uma carta de uma mãe com Alzheimier é de uma escritora que se influencia por exemplo de Cecília Meirelles. Não quer dizer que não deixe de prestar atenção, hoje em dia muitos filhos não dão o devido valor aos seus pais… no entanto é um belo paradoxo da velhice com os primeiros momento d e vida, ams realmente alguem com alzheimeir não poderia escrever tal carta.

    • julio

      Maio 15

      Com essa sua resposta idiota não precisa falar mais nada vejo que voce não entendeu nada mesmo.

  19. boa noite a todos meus amigos e quem ler estas palavras ,pois li e não me contive e acabei chorado peço desculpas . a minha mae deu lhe um derrame ficou paralitica eu com carinho apos andar depois caiu partiu a anda eu pola andar depois partiu um braço eu ajudei deois teve outro derrame e ficou vegetal 6 anos eu alimentava pelo nariz com uma sonda eu ate á partida dela que ainda hoje não recuperei ainda hoje a recordo com carinho por isso mão só á uma pai pode haver muitos mas mae é única por isso olhem sempre para a mulher com carinho e respeito porque a minha mae também era uma mulher que carregou comigo 9 meses ate de comer se privava me ajudou me educou e me alimentou, que fez o meu pai NADA por isso um dia ia eu pela mão da minha mãe era eu pequenito e cai na asneira de dizer que uma senhora que passava era feia ela parou de repente e me disse então eu também sou feia,eu respondi não mae tu és a mais linda do mundo ela me perguntou quem poem no mundo os meninos lindos como tu, eu respondi são as mulheres ? então meu filho como podes chamar aquela senhora de feia FOI A LIÇÃO QUE GUARDO ATE HOJE desejo a todas as mães do mundo que sejam os seres mais queridos da face da terra um abraço e me desculpem

  20. Dina

    Julho 21

    Nesta vida as obrigações e deveres deveriam estar equilibrados e como pessoas de bem, não julgar que os outros apenas teem obrigações para connosco, ( resposta ao fuleco). O papel de mãe é imensamente abrangente, mas amor não é nem nunca será uma obrigação, é expontaneo, sai de dentro da alma, óbviamente que esta explicação para certas pessoas não é entendivel, porque de uma maneira ou de outra não sabem o que é o amor.
    Quanto a não poder ser uma pessoa com Alzheimer a escrever isto, lamento contrariar, mas poderia ter sido sim, e não digo que foi. Mas trabalho com demencias, Alzheimer é uma das várias demencias referenciadas e talvez a que mais é referenciada, mas infelizmente não é a unica. Mas já que falamos de demecia, estamos a falar de doenças degenerativas cerebrais que se desenvolvem com maior ou menor rapidez, dependendo de varios factores, e que é identificada em diversos estagios. O primeiro é quase imperceptivel e muitas vezes detectado já numa fase mais avançada em transição quase para o segundo estagio. aconselho a lerem isto: http://www.mdsaude.com/2011/03/mal-alzheimer.html, aí teem uma excelente explicação. Espero que fiquem elucidados

  21. marlei

    Julho 22

    é triste mas tbm to passando por isso…minha mãezinha está esquecendo muitas coisas….repetindo muitas….assim e perdendo a vontade de viver…..é triste ver quem nos deu a vida nessa situação….ja perdi varias pessoas da família….pai…irmã…avós…tios….amigos….e o que me confortava era pensar…mas tenho minha mãe….meu deus quantas vezes me pego chorando pensando nela….e pedindo a deus que restaura a saúde dela…..e que me de forças pra cuidar dela com carinho….com respeito e com todo o amor que ela sempre me dedicou….e dedicou aos meus filhos…..que praticamente os criou…..!!!!

  22. sandra

    Julho 22

    JA passei por esta experiencia, e graças aDEUS arranjei força para, tentar copreende la. E´, triste ;mas faria tudo novamente se precisasse. DURMO em paz.

  23. sandra

    Julho 22

    Comentário

  24. Só em ver o olhar dessa mãe não consigo controlar minhas lágrimas, pois cuidei da minha até o fim. E sinto que ainda foi pouco tdo que fiz para aliviar o seu sofrimento. Que Deus a tenha na sua glória.

    • EU entendo, vivo esta situação , meu pai esta assim e deprimente e muito triste ,penso sera r que vou ficar assim, peço a DEUS que não, não gostaria de dar este tipo de trabalho para eles;;

  25. fernando

    Novembro 7

    E a pura realidade, e pena que a maioria dos filhos, mesmo lendo essa carta,não estaõ nem ai,mais e bom mesmo assim esta carta.7

  26. Francisco

    Abril 16

    É a nossa vida pode nos preparar várias surpresas! Essa é uma delas. Por isso isso devemos ter muito cuidado co o sofrimentos dos outros! Passei por algumas situações com pais e amigo, realmente é muito difícil!

  27. Tive a minha sogra com Alzheimer e cuidei dela, foi horrível…ver ela a morrer aos poucos…

  28. Maravilhoso?????????????!!!!!!!!!!!!1

  29. tambem eu perdi muitas vezes a paciencia, e não tratei a minha mae como ela
    merecia, talvez ela me perdoe mas eu não consigo me perdoar, no dia em que
    a perdi percebi que ela merecia mais de mim, ainda hoje não me consigo perdoar,
    penso nela todos os dias

  30. eduardo

    Maio 29

    Saberemos nos aceitar cada etapa do nosso caminhar? A vida na luz deste mundo comeca na humildade, abraco e dependencia da crianca e matura na humildade, abraco e dependencia do adulto. beijos

  31. Sousa

    Maio 29

    A minha opinião desta carta, de uma mãe é verdadeira é o que acontece a muitas mães, o sofrimento é muito triste, a quem diga que somos bébes duas vezes ao nascer e ao morrer , más o nome Mãe é o nome mais bonito do mundo .

  32. quero agradece-la pela postagem. Compartilhei em minha pagina, por acha-la simplesmente a VERDADE DE TODOS NÓS.
    obrigado de coração.

  33. myrian

    Junho 3

    Muitas vezes esquecemos o que nossos pais fizeram por nós(desde o nascimento e às vezes até a época atual). Não devemos esquecer que um dia teremos a mesma idade(e quem sabe nem chegaremos até lá).Fui a um asilo e sofri muito escutando elas perguntarem pela familia(que nunca mais ninguém foi ve-la). Gente vc pode esconder isso de nós mais não de DEUS.Lembre-se que vc só está aqui pq ela te deu a vida. É assim que me sinto e acho que muita gente deve fazer uma reflexão sobre isso. obrigada

  34. Maria silva

    Maio 22

    Ninguém pode ficar indiferente a um texto destes,

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *