Cientistas descobrem o número certo do divórcio??

Maio 25
No comments yet

Olá, olá! Cientistas descobrem o número certo do divórcio?? Pelos vistos, sim, e o número é quatro!! Pelos vistos existem quatro comportamentos tão nocivos para um casamento que se um casal os demonstrar numa conversa o mais provável é acabar divorciado.

Querem saber quais são?

Posição defensiva
É muito mau sinal quando um dos elementos do casal se faz de vítima e tende a interpretar todas as situações como um ataque. Em vez de assumir responsabilidade, há tendência para fazer um “drama” com todas as situações. Por vezes isto pode piorar ainda mais a relação.

Desdém
O desdém nunca é um bom sentimento para se nutrir por ninguém, mas pode matar um casamento. Quando uma pessoa acha que o companheiro ou companheiro é inferior a si e minimiza tudo o que faz é sinal de que já não tem respeito pelo outro.

Crítica
Muitas vezes as criticas podem pegar num comportamento errado e transformá-lo numa forma de olhar para a pessoa que se ama. Com o tempo esta tensão acumula e transforma-se no tal desdém.

Obstrução
Quando um dos membros do casal se recusa a dialogar e a comunicar com o outro a coisa está negra. Uma discussão pode ser uma forma de resolver as coisas! É importante falar com o outro.

Honestamente, isto não é novidade para ninguém, não é?! Manter um casamento requer amor, dedicação e trabalho! É claro que o divórcio é sempre a última opção, mas quando sentimos todas aquelas coisas negativas por alguém não sei se devíamos estar com essa pessoa. Todos os casamentos passam por fases complicadas mas o amor e o respeito têm de estar lá sempre!

O que acham disto? Mulheres casadas, pronunciem-se! 😉

Beijinhos,

Mónica

 

NOTA – LEIA TAMBÉM UM DESTES POSTS:

Há coisas nos homens que me irritam e o meu marido não é excepção, Parte II
Ser mãe não é só corações e sorrisos
Marilyn Monroe por um dia!
Os casamentos mais longos de todos os tempos
Casamentos mais originais de sempre

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *