Clutch: pode ser usada de forma descontraída? Pode, sim senhor!

Agosto 22
No comments yet

Olá, olá! Clutch: pode ser usada de forma descontraída? Pode, sim senhor!

E sou eu que vos digo, porque já experimentei e resultou!

No outro dia, estava eu a pôr tudo na carteira, fiquei a pensar no bom que era se uma mulher não tivesse que carregar tanta tralha atrás. Aliás, acho que pensamos nisto todos os dias, não é? Entre as minhas coisas e a das miúdas, parece que ando sempre com o mundo às costas.

Mas de vez em quando há uns momentinhos em que não preciso de tantas coisas (aqueles momentos em que parece que deixamos o mundo real de fora da equação, vocês sabem) e nessas alturas adoro usar clutches em vez de carteiras! Algumas amigas dizem-me que a clutch é mais para usar em ocasiões em que vamos mais elegantes, mas eu acho que dão para incorporar em looks mais descontraídos. Aliás, na foto ali acima estava a usar uma das minhas favoritas e garanto-vos que não estava numa festa num iate! 😉

Decidi fazer umas montagens com vários exemplos de como uma clutch não fica nada pirosa com roupas do dia-a-dia. Ora vejam!

Clutch-pode-ser-usada-de-forma-descontraida-Pode-sim-senhor-a-mulher-e-que-manda

Este conjunto pode parecer mais elegante ao princípio, mas com as calças de ganga mais desontraídas e o colete tão colorido acaba por ficar giríssimo e óptimo para usar no corre-corre de todos os dias. Adorei a clutch, faz um vistão e acaba por elevar o look, mas sem o tornar muito “arranjadinho”.

Clutch-pode-ser-usada-de-forma-descontraida-Pode-sim-senhor-a-mulher-e-que-manda

Criei este a pensar nas mulheres mais minimalistas! 😉 Adorei o facto de a clutch ser tão simples, mas ter uma cor tão elegante. De resto foi só adicionar peças básicas mas giras e acho que o resultado ficou sóbrio, mas com piada.

Clutch-pode-ser-usada-de-forma-descontraida-Pode-sim-senhor-a-mulher-e-que-manda

Este é o meu look favorito! 😉 Adorei o ar mais tropical da clutch, e acho que só ganhou com a escolha de acessórios também muito coloridos.

Já estão convencidas??

Beijinhos,

Mónica

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *