DECO denuncia Black Friday

Dezembro 4
2 Comments

DECO denuncia Black Friday.

Olá, olá! A DECO enviou um comunicado às redações de vários jornais a denunciar a Black Friday da passada semana. E eu aplaudo de pé esta importante iniciativa pois estão nitidamente a querer defender os nossos interesses perante várias aldrabices das quais fomos alvo. É verdade, foram mesmo aldrabices premeditadas. Diz a DECO que foram muitas as lojas responsáveis por fazer subir os preços na ordem dos 10%, dias antes da cada vez mais famosa Black Friday  (atenção: o foco nem está nas pequenas lojas mas sim nas grandes superfícies, algo que considero muito mais grave). A lei dos Saldos e das Promoções e a lei das Práticas Comerciais Desleais foram infringidas.

DECO DENUNCIA Black friday

Todos os anos, desde que Portugal adoptou (copiou) este conceito, fala-se muito dos descontos duvidosos que estão em display durante este dia. Mas normalmente as opiniões que ouvi tinham por base os baixos descontos. E não se falava muito da possibilidade de algumas lojas nos estarem mesmo a enganar descaradamente. Agora, hoje é quase oficial. Fomos enganadas minhas queridas! Podem ler aqui alguns dos nomes denunciados pela Deco com casos reais (lojas bem conhecidas de todas nós).

E vocês, repararam em algum caso/ fraude que possam aqui revelar?

A queixa já seguiu para a ASAE, palmas para a DECO!

Beijinhos, até já,

Mónica

crédito da imagem

Nota - Leia também um destes posts:

O telefonema a pedir uma pizza que está a chocar o mundo

Casamentos mais caros do mundo

A minha receita de vida é melhor que a tua!

Publicidade no meio das telenovelas irritam-me!

Os homens e os programas de futebol

  1. felizmente eu sabia ao que ía e sabia os valores 😉

  2. Mark Margo

    Dezembro 4

    Não me admiro nada, ja vi coisas assim
    Mark Margo
    http://www.markmargo.net (entretenimento e cinema)

Leave a reply to Alda Lopes Moreira Click here to cancel the reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *