DICAS PARA DIMINUIR O TEMPO INVESTIDO A PASSAR A FERRO

Setembro 18
20 Comments

Olá, olá! Odeio passar a ferro! E como odeio tanto até vou repetir: ODEIO PASSAR A FERRO!

DICAS PARA DIMINUIR O TEMPO INVESTIDO A PASSAR A FERRO

Os meus primeiros anos de casada foram de autêntica aprendizagem a vários níveis. Casei sem saber algumas coisas essenciais para a lida da casa. Não foi por falta de tentativas da minha mãe a querer ensinar-me. Foi mesmo por não gostar mesmo nada de certos exercícios que me maçam desesperadamente. Lembro-me tão bem de olhar para uma pilha de roupa e de começar no mesmo segundo a inventar quinhentas coisas para fazer só para não ter de a passar.

Mas há obrigações a que não podemos fugir. E por mais baratas que se estejam a tornar as lavandarias, o ferro tem-me perseguido ao longo destes anos… 🙂

Aprendi por isso no duro, sózinha e com algumas queimaduras à mistura! Várias! Ao longo destes anos fui procurando e experimentando soluções para me ajudar a despachar rapidamente o pesadelo da roupa. Hoje em dia, quando enfrento um monte de roupa, já o faço de forma mais rápida e eficiente. Lembrei-me por isto de partilhar convosco algumas dicas. Acredito que vos poderão dar jeito e que vos ajudarão a minimizar o martírio que é passar a ferro.

DICAS PARA DIMINUIR O TEMPO INVESTIDO A PASSAR A FERRO

O mais importante é o método e a máquina!

1 – Comprar um bom ferro é dos melhores investimentos que se podem fazer na vida!

Foram anos e anos a tentar dominar camisas e saias com maus ferros. Chamo maus ferros pois houve um santo dia em que experimentei em casa do meu pai um ferro a caldeira. Que sonho! Manda vapor com uma potência que invade qualquer tecido sem excepção. Poupa-nos imenso tempo!

Há hoje em dia imensas marcas com ferros a caldeira e se procurarem bem até encontram uns bem em conta.

 

2 – Não encher demasiado a máquina da roupa.

Quando tentamos sobrecarregar a máquina com volume excessivo de roupa, por mais que a estendamos depois com jeitinho, fica sempre muito amarrotada. Se encherem a máquina apenas até três quartos, verão que a roupa sairá com muito menos vincos complicados…

 

3 – Reduzir a força de centrifugação da sua máquina.

No Inverno é complicado pois se o fizer a roupa vai precisar do dobro do tempo para secar. Mas no Verão, é uma excelente dica! Coloque a cintrifugação no mínimo e vai ver o tempo que poupa na altura de passar a ferro!

4 – Tirar a roupa da máquina logo que o programa termine

É importantissimo que retire toda a roupa da máquina mal o programa pare. Quanto mais tempo lá ficar pior vai ser na altura de a passar. Por outro lado, manter a roupa fechada e molhada danifica os tecidos e cria cheiros. Se necessário use um temporizador. Seja disciplinada com este factor e só terá a ganhar com isso.

5 – Dobrar à medida que vai apanhando da corda

Há vários peças que não precisam de ser passadas, se forem logo dobradas assim que as retira da corda. Os lençóis, toalhões, pijamas, meias, são algumas das coisas que podem ser logo dobradas e arrumadas sem precisar de passar pela tábua de engomar. Quando mais criteriosa for a filtragem que faz nesta fase, menos será o número de peças que terá de passar a ferro.

6 – Usar na base da tábua, por baixo do tecido, uma folha de alúminio.

Até hoje nunca percebi porquê mas já várias vezes me tinham dito. Desde que comecei a usar reparo que fica tudo mais fácil, principalmente nas camisas do meu marido.

7 – Começar pelo que custa mais.

Há sempre aquela batalha mais complicada. Comigo são as calças, mais precisamente com os bolsos de trás, os vincos à frente e os forros dos bolsos da frente que me atrapalham sempre. Quando me atiro a uma pilha de roupa, são as calças que escolho primeiro. Depois de as vencer, tudo parece mais fácil…

 

Eu sei que há pessoas que gostam de passar a ferro. E há até algumas que adoram! Se esse não for o seu caso, vai compreender esta minha preocupação constante em diminuir o tempo que estou de ferro na mão. E com estas dicas, se pouparem alguns minutos já valeu a pena ter escrito este post.

Beijinhos,

Mónica

NOTA – MAIS DICAS AQUI:

Cortes de cabelo para altas e baixas

Dicas para tirar verniz da roupa

Dicas, Biquínis para cada tipo de corpo

Dicas para parecer mais alta

5 Dicas de organização feminina

20 dicas dos filhos para os seus pais

 

  1. Obrigada pelas dicas…algumas delas, eu já as tinha descoberto por experiência própria e usava há muito tempo…

  2. Obrigado pelas dicas , mas nunca vou gostar de passar camisas até fico com dor de cabeça só de olhar para elas -.-

    • liliana

      Setembro 1

      Também eu… é seguramente a parte que me custa mais… e deixo sempre para o fim, apesar de saber que se começar por elas tudo parecerá mais fácil

  3. mari

    Novembro 3

    Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

  4. Isabel

    Dezembro 12

    PASSAR A FERRO E LIMPAR O PÓ SÃO COISAS QUE NÃO GOSTO MESMO NADA DE FAZER!

  5. Macho

    Dezembro 13

    Deixem de ser mandrionas e vão mas é limpar e arrumar a casa, que eu depois vou lá ver como estão!
    …e já agora não se esqueçam da minha!

  6. 43 e picos

    Setembro 1

    Uiii… eu não vou lá nem com dicas ou truques, não gosto mesmo!

  7. Ponto 6: devido ao alumínio, o calor volta para trás. Quanto maior o calor, mais depressa os vincos se vão!

  8. Luis

    Setembro 1

    O meu irmão é um ás a passar roupa a ferro. Aquilo mais parece uma máquina de engomar em série….quem quiser é só dizer.
    Mas não é de borla…..

  9. Maria

    Setembro 1

    Sempre gostei de passar a ferro, mas já utilizava algumas das suas dicas para economizar na conta da eletricidade. Bjs .

  10. Feliciano

    Setembro 2

    Concordo com o ponto numero 1 mas me parece que nao ‘e correcto nao encher a maquina, devemos pensar no meio ambiente.

    • Maria João

      Janeiro 27

      Essa ideia do alumínio não conhecia embora existam de facto forros de tábuas em alumínio. Algumas dicas já uso: roupa bem esticada no estendal, bem dobrada na apanha e só se passa o essencial: roupa de vestir que seja de sair. Não vamos andar todos amarrotados em casa, claro, mas passagem com conta peso e medida. As toalhas de mesa, levam uma e prometo-lhes outra só para parecerem menos mal quando estão na mesa.

  11. Se pudermos estender a roupa num local ventoso a roupa fica mais direitinha que numa varanda.

  12. cec

    Janeiro 27

    não passar os lençóis? ………………………………………………………………..

  13. eu

    Janeiro 27

    Aqui fica uma dica. Não perco tempo a passar toalhas, panos, cuecas nem meias.

  14. É curioso que no meu caso foi ao contrário! Sendo filha única, sempre ajudei a minha mãe na lida da casa. Aliás, várias coisas eram da minha inteira responsabilidade. Sendo que para a minha mãe lhe custava ficar muito tempo de pé a passar a ferro, isso sobrava para mim! No entanto, quando fui viver com o meu namorado, comecei a questionar passado algum tempo a necessidade deste processo! É uma coisa estúpida não é?
    Atualmente passo apenas a ferro de Verão e eventualmente algumas vezes na meia estação. Durante todo o inverno não passo uma única peça de roupa! Chegava a conclusão que passava as minhas tardes de domingo perdendo tempo com passagem da roupa! As dicas que aí falam, eu sempre as fiz. Todas. Deixou de ser uma prioridade nas tarefas domésticas.

  15. “Aqui fica uma dica. Não perco tempo a passar toalhas, panos, cuecas nem meias.” ????????
    Isto é uma dica?! Mas quem é que faz tal coisa?!
    Só se for uma pessoa doméstica a tempo inteiro, que não trabalha!

  16. Tânia

    Janeiro 29

    Boas dicas! Já conhecia algumas, mas aqui fica mais uma…

    Aquelas peças de malha, como casacos e blusas penduro em cruzetas (não devem ser de madeira, pois podem tingir a roupa) e ao secar ficam mais direitinhas, e assim mais fácil de passar a ferro. Confesso que algumas blusas de seda evito o ferro recorrendo a este truque.

    E pelos vistos não sou só eu porque entretanto a minha vizinha começou a fazer o mesmo. 😀

  17. cl

    Dezembro 22

    Mais algumas Dicas :
    -Ao comprar roupa de vestir ou texteis, se escolher peças sintéticas ou com alguma percentagem de sintético, nunca irão amarrotar tanto como se fosse uma peça 100 % algodão, ou 100% linho, etc.
    -Se usar uma maquina de secar roupa, os lençois, toalhas turcas e gangas ficam tão macias, que não precisam de ferro algum !
    -É bem verdade que a roupa que é seca em cabide fica mais direitinha. Se não tiver onde pendurar os cabides, pode pendurar os cabides com roupa a secar, nos aros ou aduelas (não sei qual é o nome correto) das portas interiores da sua casa, colocando as peças de roupa mais compridas na borda e deixando algum espaço para as pessoas passarem.

  18. Paula Rocha

    Setembro 18

    Concordo plenamente com os comentários relativamente a passar cuecas meias ou toalhas, nunca! essas peças de roupa dobram-se e vão para a gaveta, como se diz aqui no Porto ele há roupa que # sai do rabo e vai para o rabo” ou então “sai dos pés e vai para os pés”, tal como os panos de cozinha, dobram-se e gaveta, agora lençóis! Esses têm que ser passados, devem ser passados

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *