Estou uma mãe descompensada

Junho 20
No comments yet

Olá, olá! Estou uma mãe descompensada. A minha piolha mais velha foi ontem de viagem de finalistas, são 3 dias longe de casa, 3 dias longe da mãe. Eu já estava desde sexta-feira num nervoso miudinho, mas sempre a tentar manter a tranquilidade para não lhe passar nenhum stress. Ela como conhece a mãe que tem, pediu-me para não chorar e eu prometi que não ia acontecer porque estava muito feliz pelo momento que ela ia viver. E estou!

Ontem de manhã fomos todos deixa-la à escola para a despedida. Eu sabia que não ia chorar, não podia pois queria que ela fosse tranquila e confiante. No momento em que entrou para a camioneta, a mana mais nova agarrou-se a mim a chorar compulsivamente. Eu pus os óculos escuros, um sorriso de parva na cara e fui acenando enquanto volta e meia aproveitava o braço para limpar uma ou outra lágrima. Quando se foi embora, deixei a mana na escola, entrei no carro e chorei compulsivamente ao ponto de me custar a respirar.

Depois limpei as lágrimas, respirei fundo e lá me pus a caminho do trabalho, onde não podia haver mais sentimentalismos. Claro que me senti uma zombie durante todo o dia, a minha cabeça não estava aqui, mas sempre com a minha princesa. A única altura do dia que podemos telefonar é entre as 19h e as 21h, o que para mim estava a ser um sufoco. Confesso que não resisti e mandei uma mensagem à professora só para saber como ela estava. Respondeu-me que ela tinha acabado de comentar que achava que ia ter muitas saudades dos pais mas que ainda não tinha nenhumas. Aí fiquei mais descansada, estas frases são bom sinal! Se não sente saudades é porque está bem!

Faltavam 3 minutos para as 19h e eu já estava de telefone na mão. A mana mais nova estava numa excitação por ir falar com a mana. Até ela anda meia atordoada com isto, parece que lhe falta qualquer coisa (e falta mesmo!). Claro que fomos os primeiros a ligar! Só podia! Lá falamos um bocadinho e ela estava super contente a contar todas as aventuras e mil e uma histórias. Fiquei mais descansada e deu para matar saudades. Mas quando desligámos fui para a cozinha e tive outro ataque de choro. Apesar de mais descansada por ouvir a voz dela feliz, bateu-me uma saudade gigante, por isso chorei outra vez!

Foi nesse momento que me senti ridícula! Depois de durante o dia estar constantemente a ouvir as notícias dos fogos onde morreram dezenas de pessoas, onde pais ficaram sem filhos, famílias destroçadas e eu aqui a chorar porque a minha filha, que está óptima, foi para fora durante 3 dias! Ridícula mesmo! Não tenho razões para chorar, mas toda a vida fui uma pessoa de lágrima fácil e esta é a primeira vez que a minha piolha vai assim para fora, por isso acho que me posso dar ao direito de estar um bocadinho descompensada 😉 Estou a prever que vou sofrer muito nos próximos anos!!!

Hoje já estou um pouco mais calma, apesar de ansiosa por saber como está. Agora é esperar novamente pelas 19h para matar mais saudades e saber todas as novidades.

Amanhã ao final do dia estará de volta para o meu colinho! Já estou a contar as horas, só faltam 26h!!!!!

Beijinhos desta mãe descompensada,
Mónica

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *