Umas horas pelos outros. Quem alinha?

Dezembro 29
10 Comments

Olá, olá! Umas horas pelos outros. Um dos problemas da nossa sociedade é a chamada Falta de Tempo, dizemos que não temos tempo para isto ou para aquilo, mas não sou da mesma opinião. Acredito que o problema está na má gestão do nosso tempo. Não gerimos bem as nossas prioridades e “queimamos” horas e dias a fazer naaada, sem dar por isso.

Enfim, todas sabemos que, se quisermos mesmo, conseguimos arranjar algum tempinho de qualidade para nós próprias ou até para os outros mais ou menos próximos. Estou a falar nisto porque há uns meses desafiaram-me para me juntar à Associação Umas Horas Pelos Outros, responsável por  todas as segundas-feiras apoiar os sem abrigo que “vivem” na estação do Oriente. No mês de Novembro fui a primeira vez e nesta semana lá estive novamente a servir o jantar, a conversar, a ouvir e a dar uma ceia e alguns agasalhos às dezenas de pessoas que ali vivem e dormem todos os dias, faça calor ou frio.

umas horas pelos outros 2 umas horas pelos outros

Na primeira vez que fui pensei em escrever aqui sobre o assunto, mas talvez por achar que quem realmente quer ajudar não precisa de divulgar aquilo que ajudou ou por achar que ia começar a ser alvo de comentários a criticar o facto de eu estar a falar sobre o assunto (já aconteceu no passado, vergonhoso mas pronto), fiquei calada. Mas depois da noite de ontem pensei melhor e decidi partilhar aqui a minha experiência e em paralelo apelar ao vosso contributo de tempo ou bens, seja para esta ou outra associação que ajuda os que mais precisam. E mais vale ouvir umas bocas parvas e haver mais alguém a ajudar estas pessoas, do que estar aqui no meu cantinho sossegada, mas a sentir que podia fazer mais do que fiz.

Todas as semanas são servidos cerca de 60 jantares a senhoras e senhores com reais necessidades. Lá encontrei artistas que desenham como Picasso, escritores que declamam poesia como se fossem João Vilaret, uma miúda sem casa mas grávida de gémeos, uma simples senhora que faz questão de dizer algumas frases num inglês perfeito, sempre num formato educado, etc, etc. Todos fazem questão de nos agradecer com o maior cuidado oferta a oferta, assim como o tempo que lhes estamos a dedicar. Confesso que não consigo ir sempre, pois como todos nós, temos as nossas vidas com os nossos compromissos, mas comprometi-me comigo mesma a ir uma vez por mês. O que é uma segunda-feira por mês (cerca de 2 horas) na nossa vida? Será que não conseguimos mesmo 24 horas por ano para dedicar a quem mais precisa? Acho que seria uma grande egoísta se dissesse que não. Atenção que não estou aqui a julgar ninguém, cada um sabe da sua vida e de como pode ou consegue gerir o seu tempo.  Mas mesmo sem disponibilidade existem outras formas de ajudar. Um par de luvas, umas meias, um gorro, uma camisola quentinha ou uma manta que já não usamos, quantas temos em casa a ocupar espaço, que podiam fazer uns dias ou umas noites tão mais confortáveis a estas pessoas. Pensem nisso, espreitem a página da associação e vejam como podem ajudar (está aqui o link, basta pedirem para aderir a este Grupo).

Cada jantar tem um patrocinador e no total a refeição para as 60/ 70 pessoas (com um prato de frango e batatas fritas, pão, fruta e uma ceia custa cerca de 200 euros).

Aproveito para vos lançar um desafio. O que vos parece organizarmos uma segunda-feira de janeiro com o Jantar oferecido por nós. Quem se quer juntar à equipa A Mulher é que Manda e servir o jantar a estas pessoas no próximo dia 25 de Janeiro? (data sujeita a confirmação) Quem alinha? (basta comentarem aqui em baixo ou enviarem um e-mail para amulherequemanda@gmail.com. Quem tiver interesse dê-me feedback e eu envio os próximos passos.

Vamos lá meninas, são duas horas a ajudar os outros mas acreditem que também nos vão ajudar a nós próprias. Ajudar faz bem à alma! Aposto o que quiserem como sairão de lá com o coração mais quentinho.

Beijinhos, até já,

Mónica

Nota – A Ana Galvão e o Nuno Markl foram os padrinhos desta segunda-feira. Não se limitaram a marcar presença, cumpriram afincadamente todas as tarefas e foram grandes conversadores e excelentes ouvintes para todos os presentes.

  1. Sara

    Dezembro 29

    Eu quero ir. Vou enviar agora e-mail. Obrigada pela oportunidade

  2. Joana Antunes

    Dezembro 29

    Já me inscrevi em vários sitios e nunca me chamaram. Não se esqueça de responder ao meu mail 🙂

  3. Vou preparar dois sacos com mantas. Obrigada por me deixar ajudar tb.

  4. Magda

    Dezembro 29

    Boa iniciativa!

  5. tuga

    Dezembro 29

    olhós Markles

  6. Joãosinho

    Dezembro 29

    Ai a menina foi ajudar?! Ficamos muito felizes. Quanto ao seu desafio, mais parece parvoíce. Se queria ajudar ajudava e pronto. Para quê publicidade? 🙂 🙂 🙂

    • Sara

      Dezembro 30

      Talvez fosse boa ideia usar o seu tempo para participar numa actividade como a referida no post do que perdê-lo a escrever comentários maldosos e inúteis como este 🙂 🙂 🙂

  7. Rita Soares

    Dezembro 29

    Não ligue a esse tonto. Louvo a sua iniciativa. Moro longe só por isso não posso aderir.

  8. Sara

    Dezembro 30

    Sr Joãozinho nunca ouviu dizer que em boca fechada nao entra mosca nem sai asneira? Haja paciência para gentinha que so sabe criticar…

  9. Mark Margo

    Dezembro 30

    Infelizmente por vezes é mesmo falta de tempo
    Mark Margo
    http://www.markmargo.net (entretenimento e cinema)

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Resolva esta operação (para sabermos que é humano) *